Notícias da comunidade

Centro compostagem de Fonte Boa «tomado» pelas chamas

Resíduos não compostos podem estar na origem do incêndio em Esposende.

Um incêndio tomou por completo o Centro Compostagem de Fonte Boa (ver fotogaleria), hoje ao final da noite no concelho de Esposende. O presidente da Junta de Fonte Boa alertou para o facto das pessoas estarem a «depositar resíduos no local», que levou mesmo – no caso deste incêndio em detritos confinados – a danos numa retroescavadora que ajudava os bombeiros no perímetro do incêndio.

Segundo o comandante de operações de socorro dos Bombeiros Voluntários de Fão, Fábio Amorim, o incêndio começou às 21h07.

«Uma equipa nossa que vinha de outro serviço, e que passava na A11, viu o incêndio e acionou o alerta», referiu Fábio Amorim.

«À nossa chegada o centro de compostagem estava todo tomado pelas chamas», acrescentou ainda o bombeiro.

No teatro de operações estiveram oito operacionais, apoiados por duas viaturas. O presidente da Junta, Carlos Escrivães, deu ele apoio com uma máquina retroescavadora, mas que acabou por furar um pneu devia aos detritos “não compostos” que as pessoas ali colocam.

«Acaba por ser um exemplo isto que aconteceu. Havia ali uma televisão e uma sanita que originaram um furo no pneu da retroescavadora quando esta passava por cima, numa tentativa de condicionar melhor a matéria composta para melhor ataque dos bombeiros. Infelizmente as pessoas depositam todo tipo de lixo aqui e não podem, apesar dos avisos que alertam para isso mesmo», apontou o autarca.

Às 02ho0 da madruga de sexta-feira o incêndio estava em fase de conclusão, sendo que, apesar da proximidade da A11, que liga Esposende a Braga, não originou condicionamento de vias rodoviárias.

Fonte: Diário do Minho

Mostrar mais
MaisLusa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Close